pintura admirável de uma beleza…

gregório de matos nasceu em 1623, na bahia, de onde partiu para coimbra, onde foi cursar direito. formado, foi trabalhar em lisboa e, mais tarde, regressou à bahia. morou também em recife, vindo a falecer em 1698.

vês esse Sol de luzes coroado?
em pérolas a Aurora convertida?
vês a Lua de estrelas guarnecida?
vês o Céu de Planetas adorado?

o Céu deixemos; vês naquele prado
a Rosa com razão desvanecida?
a Açucena por alva presumida?
o Cravo por galã lisonjeado?

deixa o prado; vem cá, minha adorada,
vês de esse mar a esfera cristalina
em sucessivo aljôfar desatada?

parece aos olhos ser de prata fina?
vês tudo isto bem? pois tudo é nada
à vista do teu rosto, Caterina.

(Gregório de Matos)

One Response to “pintura admirável de uma beleza…”

  1. Quando o poeta se refere ao prado…fala de um jardim ou campo verdejante?

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: