topadas…

escritores da liberdadeaqui nessa blogsfera, lemos, escrevemos, comentamos, opiniamos, atacamos, defendemos, acarinhamos, excomungamos. encontramos algumas pessoas que tomamos como amigos, mesmo que jamais as tenhamos encontrado e que dificilmente teríamos conhecido não fossem os caminhos estranhos que esse novo meio de comunicação permite. são os amigos eletrônicos, nem tanto imaginários, mas, para outros efeitos, inexistentes.

no meu caso, fiz amizades verdadeiras com pessoas a quem muito prezo. tanto que me dou ao trabalho prazeroso de ler o que elas escrevem todos os dias, mesmo naqueles em que me sobra pouco tempo para ler seus blogs. sempre arranjo uns minutos para visitá-los nos fins de noite.

e tem o meu blog, esse aqui que voces lêem agora, e que me tem dado um bom trabalho para manter. houve uma época em que postar se fazia necessário e eu postava. o intuito era expor as minhas preocupações com os rumos que o país tomava. encontrei outras vozes que ecoavam as mesmas preocupações e mais – alertavam para as mudanças que viriam. entre essas vozes, algumas se destacam: suzy, CAntonio, roça, cejunior, patricia m., marcus mayer, mataador e outros, sem esquecer a sonia (onde anda voce, sonia?).

houve um tempo em que eu imaginei que nós podíamos mudar os rumos de tudo. afinal, éramos a fina-flor do pensamento internético! pessoas escoladas e preparadas, com um alto nível intelectual, concordando que o pais caía em um buraco político-cultural do qual dificilmente sairia ileso. como de fato, não sairá. mas eu me dei conta de que nós não temos ainda o poder da mudança. ela virá, certamente, embora um pouco tarde, quando a população que não acessa a internet descobrir que foi torpemente enganada. enquanto isto, dedico o meu blog à divulgação da poesia, coisa que os novos donos do poder e seus seguidores desprezam, por ignorância, por falta de paciência, por desconhecimento de que ela pode espelhar o que se passa no brasil.

alguns movimentos semelhantes ao que hoje nos motiva a enfrentar o status quo também sofreram seus percalços no passado. é que eles haviam nascido antes da hora, mas deixaram plantadas, mesmo assim, as sementes de outros movimentos que surgiram depois e que acabaram por ter sucesso. é a minha esperança. enquanto houver uma suzy, um roça, uma patricia, uma sonia haverá também a esperança de que ocorram mudanças.

em meio a essa conflagração, essa balbúrdia em que nos metemos para defender os valores que acreditamos nos levarão, um dia, aonde queremos – um país livre em que as oportunidades bafejem a todos igualmente, mas premie aqueles que souberem aproveitá-las, um país do qual os nossos filhos tenham orgulho e no qual eles preservem tais valores para os filhos de seus filhos – eu recebi um prêmio de uma carissima amiga. suzy me outorgou o selo de escritores da liberdade. mais: ela me pôs entre outros blogs de pessoas a quem admiro e leio com a frequência que posso. haveria honra maior?

ao me conceder o prêmio, suzy me pediu que eu escolhesse outros blogs aos quais eu pudesse agraciar com o mesmo prêmio. acredito, se é assim, que cada outorgado tem a prerrogativa de outorgar o prêmio a outros, desde estes se atenham aos princípios que a primeira outorgante estabeleceu. eles são transcritos aqui:

Todos temos blogs pelo fato de gostarmos de escrever. Por prazer, profissionalismo, ou qualquer motivo pessoal.
E a maioria gosta de escrever para liberar algum sentimento profundo, seja ele bom ou ruim. Escreve para se encontrar, para analisar a situação depois de algum tempo, ou naquela mesma hora, e também por essa paixão de pôr tudo no “papel”.
E estou chamando esses blogueiros de Escritores da própria liberdade.
Escritores sim, mesmo que amadores, que escrevem suas emoções, que não guardam tudo para sí. Que compartilham tudo com pessoas muitas vezes estranhas(entre as conhecidas)… Escritores que admiro muito, por vários motivos, que se destacam de um jeito único, para cada uma das pessoas que os conhecem. Blogueiros que publicam a sua liberdade de expressão.

creio que voces já entenderam. portanto, nomeio aqui os meus cinco escolhidos (já que não posso outorgar de volta a suzy). a ordem não é importante, pois não poderia nomeá-los sem que houvesse um primeiro e um último. e justifico, para cada um, a escolha.

1. dulce est desipere in loco: embora seja um blog coletivo, liquidus tem praticamente levado o blog sozinha. seus posts sempre refletem seus pensamentos e nos trazem sempre uma mensagem. se coaduna inteiramente com o espírito do prêmio (eu, nele, tenho contribuido como autor bissexto).
2. obscured by clouds: criado com uma finalidade parecida com a do meu blog, ele, como o meu, aos poucos foi se modificando. o autor é de um bom gosto extremo e o blog invariavelmente trás o que há de melhor. confesso aqui uma certa inveja de muitos de seus posts. recentemente, kavorka desistiu de postar. o bom senso e os diversos protestos de seus leitores o fizeram mudar de idéia. o prêmio é pela decisão de voltar a publicar.
3. patricia m.: creio que patricia é, entre os blogs, uma das vozes mais ferinas e gostosamente sarcásticas. ela tem se dedicado a outros blogs, mas o seu, pessoal, é merecedor de todas as honras do prêmio. foi um dos primeiros que frequentei e fui logo abduzido pelas suas idéias e ideais.
4. talqualmente: paula góes se dedica a escrever sobre tradução. é um blog cultural. a essência do prêmio está espelhada em cada novo post. quem não a conhece ficará imediatamente cativado, seja pelos assuntos que ela aborda, seja pelas dicas literárias espalhadas pelo blog.
5. janete: deixei janete por último porque ela fecha bem o conjunto de escritores. médica e poeta, janete é de ascendência portuguesa. mora na nova zelândia e tem uma alma leve, repleta de poesia.

espero que eles entendam a minha admiração por eles.

2 Responses to “topadas…”

  1. Gil, me sinto honrada [e tímida, em boa parte de ser chamada de escritora, e não de tradutora, jornalista ou blogueira, como estou acostumada], muito obrigada. Espero poder contribuir para o diálogo recomendando cinco blogues à altura, que ainda não tenham sido recomendados nessa blogosfera afora.

  2. Muito obrigada Gilrang!

    Estou muito lisonjeiada e grata pelas tuas palavras. Peco desculpa e so pela demora…estes dias de viagem nao permitem sempre o acesso a internet!

    Mas ate muito breve e mais uma vez um grande abraco e beijinho!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: