canção do amor imprevisto…

eu sou um homem fechado.
o mundo me tornou egoísta e mau.
e a minha poesia é um vício triste,
desesperado e solitário
que eu faço tudo por abafar.

mas tu apareceste com a tua boca fresca de madrugada,
com o teu passo leve,
com esses teus cabelos…

e o homem taciturno ficou imóvel, sem compreender nada, numa alegria atônita…
a súbita e dolorosa alegria de um espantalho inútil
aonde viessem pousar os passarinhos!

(Mário Quintana)

One Response to “canção do amor imprevisto…”

  1. U KONW WHO Says:

    Hellooooooooooooooo

    Cada vez que visito o seu blog, está com um visual diferente, se tornou até uma viagem misteriosa!!!!!!!!!

    Parabéns pelo blog e abraços!!!!!!!!!!!!!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: