a estrela…

Vi uma estrela tão alta,
vi uma estrela tão fria!
Vi uma estrela luzindo
na minha vida vazia.

Era uma estrela tão alta!
Era uma estrela tão fria!
Era uma estrela sozinha
luzindo no fim do dia.

Por que da sua distância
para a minha companhia
não baixava aquela estrela?
Por que tão alta luzia?

E ouvi-a na sombra funda
responder que assim fazia
para dar uma esperança
mais triste ao fim do meu dia.

(Manuel Bandeira)

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: