impossível carinho…

agora é a vez de manuel carneiro de souza bandeira filho. esquecer bandeira, eu não esqueci. eu apenas esperava a hora de ele aparecer. e ele aqui chega com o impossível carinho, ele que tornou possível tantos outros. de recife e clavadel, onde conheceu éluard, vamos ouví-lo cantar baixinho…bandeira

o impossível carinho

escuta, eu não quero contar-te o meu desejo,
quero apenas contar-te a minha ternura…
ah, se em troca de tanta felicidade que me dás
eu te pudesse repor
– eu soubesse repor –
no coração despedaçado,
as mais puras alegrias de tua infância!

(Manuel Bandeira)

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: