j.g. de araújo jorge – i

j.g.de araujo jorge

Após um breve intervalo em que a Sexta-Feira da Paixão me deu motivos para escrever algo diferente, volto à série Poesias (from the deep of the heart). Desta feita, J.G. de Araújo Jorge. O acreano José Guilherme de Araújo Jorge é dos maiores poetas brasileiros. Profícuo e modesto, deixou-nos uma obra e tanto. Boa parte do que eu publiquei até agora veio de seleções que ele fez. A sua modéstia, no entanto, fez com que ele omitisse sua própria obra dessas seleções.

Os leitores amigos podem encontrar sua obra no site http://www.jgaraujo.com.br/. Vale a pena conferir. Essa aqui é uma pequena amostra.

Explicação

Só isso: trouxeste sol e calor
quando fazia frio…

Agora, de novo
alguém para se querer
para se chamar
de querida.

Só isso: trouxeste uma flor
e fizeste crescer e desabrochar
neste ramo vazio
que era minha vida.

(J.G. de Araújo Jorge)

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: