angelo – i

achei esses poemas de um xará. ele é amador e seus poemas são inéditos. não lhe sei o nome completo, mas voces podem achá-lo em

 http://www.la-poesia.it/inediti/Angelo/angelo.htm.

publico-os em série com uma tradução meia boca feita por mim. espero que apreciem….

tormento d´amore

Allontanati da me
nei miei meriggi solitari
saprò materializzarti.

Allontanati da me
nelle mie notti insonni
saprò amarti.

 Allontanati da me
nei miei silenzi ambigui
saprò ascoltarti.

Fa che l’etereo tuo palpito
sia unico testimone del pianto
e della paura mia d’amarti.

(tormento de amor

Afasta-te de mim
nos meus dias solitários
e eu saberei materializar-te.

Afasta-te de mim
nas minhas noites de insônia
e eu saberei amar-te

Afasta-te de mim
no meu silêncio ambíguo
e eu saberei escutar-te

Faça que o teu palpitar etéreo
seja a única testemunha do pranto
e do meu medo de amar-te.)

One Response to “angelo – i”

  1. Velha Amiga Says:

    hummmmmmmmmmmmm

    A veia romântica a pleno vapor!!!!!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: